Messi é o melhor jogador de todos os tempos?

Argentino é eleito o melhor do mundo pela sexta vez em dez anos

Marcelo Penido - 24/09/2019 08h22

Que Lionel Messi é um craque fora de série ninguém discute. O argentino foi eleito nesta segunda-feira o melhor jogador da temporada 2018/2019 e conquistou o prêmio “FIFA The Best” pela sexta vez.

Com mais um troféu, Messi se tornou o maior vencedor da premiação no futebol masculino, superando Cristiano Ronaldo, com quem estava empatado com cinco títulos de melhor jogador do mundo.

Ele se igualou a brasileira Marta, eleita melhor jogadora do mundo seis vezes no futebol feminino.

Mas isso o credencia ao título de melhor jogador de futebol de todos os tempos?

Acho que não.

Messi não é unanimidade nem entre os fãs mais novos do esporte e há muita gente que defenda que Cristiano Ronaldo é superior ao argentino.

Em termos de técnica não existem argumentos lógicos que embasem essa afirmação, Messi é melhor e ponto. Mas o futebol envolve outros componentes, como a paixão, o gosto por um estilo de jogo, ou simplesmente os números.

O camisa 10 do Barcelona venceu oito campeonatos espanhóis e três ligas dos campeões em dez anos, mas no mesmo período não foi capaz de conduzir a seleção argentina à nenhum título importante, acumulando três fracassos em Copas do Mundo.

Maradona, por exemplo, que só não teve uma carreira mais brilhante por conta do comportamento fora de campo, teve atuação destacada e foi o grande responsável pelo título da Argentina na Copa de 1986, no México.

Os argentinos ainda preferem Maradona.

Messi é genial e está no hall dos melhores do mundo, mas se não é unanimidade quando falamos de Maradona e Cristiano Ronaldo, o que dizer quando citamos Pelé?

Se o argentino tem hoje seis títulos de melhor do mundo, o Rei do Futebol recebeu a honraria em sete oportunidades, quando a premiação era conhecida como Ballon D´Or.

Pelé foi tricampeão do mundo com a seleção brasileira, seis vezes campeão brasileiro com o Santos, duas vezes campeão da Libertadores da América, e isso tudo num momento aonde preparação física e estrutura profissional ainda eram conceitos em formação.

Rei é rei, e não perde a majestade. Pelé segue como o maior de todos os tempos. E que continue assim.

Marcelo Penido é jornalista especializado em Gestão, Marketing e Direito Esportivo com passagens pelas rádios CBN, Globo e Tupi e pela TV Band News. Filho do locutor Luiz Penido, nasceu no meio do futebol e é apaixonado pelo esporte. Nesse espaço vai falar sobre o dia a dia dos principais clubes do Brasil.

Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo