Leia também:
X PM acusado de atirar em lutador se entrega após pedido de prisão

Tarcísio responde pergunta de Haddad e alfineta petista

Tarcísio disse ao público para procurar, no google, sobre o "pior prefeito de São Paulo"

Henrique Gimenes - 07/08/2022 21h34 | atualizado em 08/08/2022 01h18

Tarcísio de Freitas e Fernand Haddad no debate da Band Foto: Reprodução/Print da TV Band

Neste domingo (7), os candidatos ao governo de São Paulo realizaram o primeiro debate eleitoral de 2022. No evento, promovido pela Band, participaram Rodrigo Garcia, Tarcísio de Freitas, Vinicius Poit, Elvis Cezar e Fernando Haddad.

A primeira pergunta do debate foi feita por Haddad a Tarcísio, e envolveu o tema educação. O ex-prefeito de São Paulo questionou o ex-ministro da Infraestrutura sobre como melhorar a educação do estado. Após uma longa resposta, no entanto, Tarcísio decidiu alfinetar Haddad.

– Já que o candidato Haddad me fez uma pergunta, eu vou perguntar à plateia. Peço que entrem no Google e pesquisem qual o pior prefeito de São Paulo – apontou.

Em seguida, Rodrigo Garcia questionou Haddad sobre Poupatempo. O petista, no entanto, decidiu atacar Tarcísio e, sem mencionar seu nome, o presidente Jair Bolsonaro.

– Como fui agredido aquilo pelo Tarcísio. Quem for ao Google, digita genocida. Vocês vão ver que matou mais de 600 mil brasileiros por não comprar a vacina quando foi oferecida (…) Eu lamento você, na sua primeira resposta, vir com esse nível de agressividade e falando de Deus. Deus é paz, Deus é amor. Deus não é esse nível de agressão. Deus é vida e proteção da vida – destacou.

Leia também1 CBF apresenta camisa da Seleção Brasileira para Copa no Catar
2 PM acusado de atirar em lutador se entrega após pedido de prisão
3 Primeiro presidente de esquerda toma posse na Colômbia
4 Justiça do Rio condena Ronnie Lessa por tráfico de armas
5 TSE: Tebet registra candidatura e declara patrimônio de R$ 2,3 mi

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.