Leia também:
X Sandra Sapatão é absolvida de acusação por tráfico e será solta

TSE ordena suspensão de vídeo que chama Lula de Ladrão

Decisão é do ministro Paulo de Tarso Vieira Sanseverino

Pleno.News - 13/10/2022 08h44 | atualizado em 13/10/2022 12h48

Lula Foto: EFE/Fernando Bizerra

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ordenou a suspensão imediata da veiculação de uma peça eleitoral do presidente Jair Bolsonaro (PL), na qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é chamado de ladrão e corrupto. As informações são do UOL.

A decisão é do relator do caso, ministro Paulo de Tarso Vieira Sanseverino. Ele atendeu a um pedido da Coligação Brasil da Esperança, da chapa de Lula e do ex-governador Geraldo Alckmin (PSB).

O vídeo começou a ser exibido, no último dia 9, no horário eleitoral. Segundo os advogados, a peça de Bolsonaro “ultrapassa o direito à liberdade de expressão e atinge a honra da candidatura [de Lula]”.

Sanseverino considera que o vídeo contraria o direito à presunção de inocência.

Na peça, o locutor dizia: “A maior mentira dessa eleição é dizer que Lula não é ladrão. Votar no Lula é votar em corrupto”.

Leia também1 Em nova propaganda, Bolsonaro pede perdão ao povo brasileiro
2 Damares se revolta com soltura de Dumont e questiona esquerda
3 Advogado de Lula fará a defesa de governador afastado de AL
4 Indignado, Bolsonaro reage à soltura do ator José Dumont
5 PT volta a pedir que TSE censure site por matéria de Lula e Ortega

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.