Leia também:
X Crivella: “Acredito e defendo a família tradicional brasileira”

Comissão aprova indicação de Jorge Oliveira para o TCU

Nome agora seguirá para aprovação do plenário do Senado e precisará de 41 votos favoráveis para ser oficializado

Paulo Moura - 20/10/2020 13h41

Jorge Oliveira foi aprovado por comissão do Senado Foto: Agência Brasil

A indicação do ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, para integrar o Tribunal de Contas da União (TCU), foi aprovada nesta terça-feira (20) pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal. Com a aprovação, o nome agora passará pela avaliação do plenário da Casa.

Após a votação, o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), pediu que seja colocado em regime de urgência a análise da indicação de Oliveira pelo plenário do Senado. Para que seja aprovado ao cargo de ministro da Corte de Contas, Jorge Oliveira precisará de 41 votos favoráveis.

Jorge Oliveira foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para a vaga do ministro José Múcio. A indicação foi feita após o membro do TCU avisar que se aposentará em 31 de dezembro deste ano, antecipando em 2 anos e 9 meses o prazo da aposentadoria compulsória, que acontece quando servidores completam 75 anos.

O TCU é composto atualmente por nove ministros. O presidente da República indica três integrantes, um de forma direta e outros dois escolhidos entre auditores e membros do Ministério Público que funciona junto ao TCU. O Congresso indica outros seis membros.

Leia também1 Indicado ao TCU, Jorge Oliveira é sabatinado nesta terça-feira
2 Ministro entrega ao governo PL da privatização dos Correios
3 Chico Rodrigues pede licença de 90 dias do Senado Federal
4 Governo federal autoriza uso das Forças Armadas nas eleições
5 Pazuello deve cancelar reunião com Doria sobre vacina chinesa

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.