Leia também:
X André Janones bate boca com Rica Perrone, no Twitter

Ciro Gomes falou cinco minutos a mais que Jair Bolsonaro no JN

Tempo de fala dos apresentadores William Bonner e Renata Vasconcellos nesta terça-feira foi menor que o registrado na segunda

Paulo Moura - 24/08/2022 10h44 | atualizado em 24/08/2022 10h59

Ciro em entrevista ao JN Foto: Reprodução/TV Globo

O ex-governador Ciro Gomes (PDT), entrevistado nesta terça-feira (23) no Jornal Nacional, da TV Globo, teve um tempo de fala cinco minutos maior que o do presidente Jair Bolsonaro (PL), convidado da sabatina na segunda (22). De acordo com dados divulgados pelo site Poder360, Ciro falou por 29 minutos e 54 segundos, enquanto Bolsonaro teve 24 minutos e 37 segundos.

Com isso, o restante do tempo, marcado pelas falas dos apresentadores William Bonner e Renata Vasconcellos, caiu de 15 minutos e 23 segundos, na entrevista com o presidente, para 10 minutos e 6 segundos, na sabatina com Ciro.

Outra comparação feita foi em relação ao tamanho da primeira pergunta elaborada para cada um dos candidatos. No caso de Bolsonaro, o primeiro a perguntar foi Bonner, que usou 49 segundos para apresentar as 110 palavras do questionamento inicial feito ao chefe do Executivo. Nesta terça, Renata precisou de apenas 26 segundos para elaborar uma pergunta com 63 palavras a Ciro.

As sabatinas no Jornal Nacional terão uma pausa nesta quarta (24) e retornam nesta quinta (25) quando o ex-presidente Lula (PT) será o entrevistado. Na sexta (26), a senadora Simone Tebet (MDB) encerra a série de entrevistas com os presidenciáveis.

Leia também1 Políticos destacam tom amistoso da entrevista do JN com Ciro
2 Web ironiza participação de Ciro no Jornal Nacional
3 Senado: Pesquisa mostra Moro "muito atrás" de Alvaro Dias
4 Bolsonaro contesta ação da PF contra empresários: 'É razoável?'
5 Modalmais/Futura: Bolsonaro abre 11 pontos sobre Lula em MG

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.