CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Após polêmicas, Decotelli entrega carta de demissão

Em enquete do Enem, maioria escolhe adiar prova para maio

Opção feita pelos candidatos ainda precisa passar por aprovação de entidades antes de ser oficializada

Paulo Moura - 01/07/2020 11h48 | atualizado em 01/07/2020 11h51

Candidatos escolheram maio de 2021 como data do Enem Foto: Reprodução

O Ministério da Educação (MEC) divulgou, na manhã desta quarta-feira (1°), o resultado da enquete para definir as datas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 e as próximas etapas para a realização do exame. A data escolhida pela maioria dos candidatos que votaram na pesquisa foi maio de 2021, com as provas acontecendo nos dias 2 e 9 para as versões impressas e nos dias 16 e 23 nas versões digitais.

Segundo o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, 50% dos votantes escolheram o mês de maio, mas a realização do exame ainda deverá ser articulada com entidades, como o Conselho dos Secretários Estaduais de Educação (Consed) e a Associação de Reitores (Andifes).

– Com base na sinalização que eles querem fazer a prova em 2021, vamos conversar com representantes do ensino médio e ensino superior para ver quando será – afirmou Lopes.

O gestor do Inep ainda ressaltou que a aplicação do exame apenas em maio do próximo ano deve dificultar a entrada dos candidatos nas universidades ainda no primeiro semestre de 2021. Ele destacou ainda que a prova pode não acontecer no período escolhido pelos candidatos caso as entidades não cheguem a um consenso.

– A expectativa é que em duas a três semanas a gente defina a data do Enem após o processo de construção coletiva – afirma.

Segundo o MEC, dentre os 5,8 milhões de candidatos confirmados para o Enem, 1.113.350 participaram da enquete, o que representa cerca de 19,3% dos inscritos confirmados. A votação se encerrou às 23h59 desta terça-feira (30).

Leia também1 Bolsonaro vê "inadequações" em currículo de Decotelli
2 210 mil universitários sem aula: Como fica o ensino?
3 Menino que usava Wi-Fi de açougue ganha R$ 84 mil
4 ESPECIAL: Enem é adiado e como ficam os estudantes?
5 Bolsonaro: "Nos últimos 30 anos destruíram a educação"

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo