Leia também:
X Enquete para nova data do Enem acaba nesta terça-feira

Após polêmicas, Decotelli entrega carta de demissão

Anunciado ministro da Educação, ele não chegou a tomar posse

Paulo Moura - 30/06/2020 16h14 | atualizado em 30/06/2020 17h01

Carlos Alberto Decotelli entregou cargo antes mesmo de tomar posse como ministro da Educação Foto: Câmara dos Deputados/Vinicius Loures

Antes mesmo de ser oficialmente empossado como ministro da Educação no governo do presidente Jair Bolsonaro, Carlos Alberto Decotelli entregou uma carta de demissão ao presidente Jair Bolsonaro. Decotelli entregou o cargo após uma série de polêmicas envolvendo a veracidade das informações que constam em seu currículo.

Decotelli havia sido escolhido para assumir o lugar do então ministro Abraham Weintraub, exonerado no dia 19 de junho.

Na sexta-feira (26), a Universidade Nacional de Rosario (Argentina) divulgou que ele não recebeu o título de doutor. A instituição declarou que Decotelli cursou as disciplinas e cumpriu os créditos exigidos, mas sua tese foi reprovada em uma primeira análise e ele não voltou a submeter o trabalho aos pares.

Outra instituição a reivindicar uma informação do ministro foi a Universidade de Wuppertal, na Alemanha, que informou que ele nunca obteve nenhum certificado pela instituição e não recebeu bolsas ou qualquer tipo de suporte financeiro.

De acordo com a instituição, ele conheceu uma professora da Wuppertal no Brasil e, a partir deste contato, foi à universidade para produzir uma pesquisa, mas sem nenhum vínculo.

Já nesta segunda-feira (30), foi a vez da Fundação Getúlio Vargas (FGV) afirmar que Decotelli nunca chegou a ser professor efetivo da instituição.

Leia também1 Bolsonaro vê "inadequações" em currículo de Decotelli
2 Decotelli explica doutorado e diz que seguirá no MEC
3 #GoBolsonaroMundial: Web reforça apoio ao presidente
4 "Nas convicções da Bíblia, eu acredito", afirma Decotelli
5 MEC denuncia perfis falsos se passando por novo ministro

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.