Leia também:
X Juiz rejeita denúncia contra Sara Winter por “ameaçar” Moraes

Homem é condenado por matar ex-prefeito em motel

Caso aconteceu em Goiás

Ana Luiza Menezes - 10/02/2021 16h48 | atualizado em 10/02/2021 16h56

Waldivino José de Almeida foi condenado por matar ex-prefeito de Estrela do Norte Foto: Divulgação/Polícia Civil

Um homem de 54 anos foi condenado a 20 anos de prisão pela morte do ex-prefeito de Estrela do Norte (GO), Geraldo Nicolau Filho. No julgamento, a defesa pediu a absolvição de Waldivino José de Almeida, alegando que ele agiu em legítima defesa, mas o argumento não foi aceito pelos jurados.

Segundo informações do portal G1, o juiz Flávio Fiorentino de Oliveira acatou a acusação do Ministério Público de Goiás (MP-GO), que denunciou Waldivino por “homicídio qualificado por motivo torpe, consistente na vingança ao adultério praticado por esposa do familiar com opositor político da família, bem como a qualificadora do recurso que impossibilitou a defesa da vítima, sendo surpreendida sem esperar o ataque”.

Ex-prefeito foi morto no pátio de um motel Foto: Reprodução/TV Anhanguera

A vítima foi assassinada dentro de um motel, em Mara Rosa (GO), em 2015. A investigação policial apontou que Waldivino e o irmão dele, o então prefeito da cidade Wellington José de Almeida, são os dois homens que aparecem em um vídeo, atirando contra Geraldo.

No motel, a vítima estaria acompanhada de Anésia Xavier Perez, mulher de um dos irmãos de Wellington.

Geraldo Nicolau Filho Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Nos autos, o relato da polícia apontou duas hipóteses para a motivação do crime. A primeira seria a de crime político, pois Geraldo seria rival de Wellington e planejava candidatar-se ao cargo de prefeito outra vez. A outra hipótese é a de que o ex-prefeito foi morto por causa do relacionamento extraconjugal.

Leia também1 Mulher é flagrada escondendo produto embaixo da saia
2 Fernando Ferry, ex-secretário de Saúde do RJ, é alvo de operação
3 Tatiane Spitzner: Acusado pelo crime será julgado nesta quarta
4 Com alvará falso, traficante de armas deixa presídio no Rio
5 Mulher que pulou de prédio recupera parte dos movimentos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.