Leia também:
X Mulher que teve grave alergia ao pintar cabelo tem morte cerebral

Fontenelle recupera conta no Instagram, mas aciona Justiça

Apresentadora teve perfil com 3,2 milhões de seguidores derrubado na última quarta-feira

Thamirys Andrade - 13/02/2021 11h46 | atualizado em 13/02/2021 12h56

Fontenelle é apresentadora do programa Na Lata Foto: Reprodução

Após ter a conta derrubada pelo Instagram na última quarta-feira (10), a apresentadora Antônia Fontenelle comemorou a recuperação do seu perfil na rede social. Mesmo assim, disse que acionou a Justiça contra o banimento temporário.

– Eu não fiz nada, eu vou fazer a partir de hoje – prometeu em vídeo publicado na rede.

Em entrevista ao Gazeta Brasil, Fontenelle afirmou que a plataforma não deve satisfação somente a ela, mas também aos seus seguidores.

– O Instagram não tem razão para derrubar uma conta verificada de três milhões de seguidores que não desabona as diretrizes da plataforma. O Instagram não deve satisfação só para mim, deve para todas essas pessoas que me seguiam – declarou.

Ela ainda ponderou sobre os desafetos que podem ter levado ao seu banimento.

– Não fico nas redes brigando pelo Bolsonaro. Eu brigo por causas, e nisso a gente arruma desafetos. Mas para derrubar meu Instagram vai ter que derrubar antes meio milhão de contas de gente que vive para fomentar o caos, a erotização infantil e os assassinatos de reputação – disparou.

Em nota no Instagram, sua assessoria jurídica também falou sobre as acusações de parte da imprensa de que ela teria sido denunciada por crimes de homofobia e racismo.

– Comprovado nos processos em curso, através das respectivas certidões públicas, emitidas por órgãos oficiais, Antônia Fontenelle nunca foi denunciada pelo Ministério Público, sobremaneira por tais crimes. Por tais razões, todos os envolvidos em tais acusações já estão sendo acionados judicialmente.

Leia também1 Instagram derruba conta de Fontenelle, que promete brigar
2 Roma diz que não foi desleal com ACM ao aceitar ministério
3 Gilmar revoga prisão domiciliar e concede liberdade a Crivella
4 Bolsonaro nomeia João Roma para o Ministério da Cidadania
5 Kátia Abreu defende China: "Temos muito a aprender com eles"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.