Leia também:
X Covid-19: Total de vacinados no Brasil chega a 4,9 milhões

Roma diz que não foi desleal com ACM ao aceitar ministério

Deputado afirmou que nova função no governo federal faz parte de uma "missão partidária"

Paulo Moura - 13/02/2021 09h04 | atualizado em 13/02/2021 09h06

Deputado João Roma durante deliberação na Câmara Foto: Câmara dos Deputados/Najara Araújo

Escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro como o novo ministro da Cidadania, o deputado federal João Roma (Republicanos -BA) falou sobre as críticas que recebeu do padrinho político, ACM Neto (DEM-BA), por ter aceitado o cargo. O parlamentar afirmou que não foi desleal em sua decisão.

– Está doendo no meu coração [a briga com Neto] mas eu não podia fugir de uma missão partidária. É um momento de união e vou assumir o ministério cuidando de quem mais precisa – disse ele à jornalista Andreia Sadi, da Globo.

Segundo Roma, não seria justo que ele “pagasse” por uma briga entre o presidente do DEM e o ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia. O novo ministro também negou a existência de um “jogo combinado” com ACM Neto para que o ex-prefeito de Salvador fizesse um apelo para que ele não aceitasse a vaga.

– Não foi faz de conta a resistência de Neto. Lamento que tenha sido assim, mas a decisão é do Republicanos. Eu não podia pagar por essa briga ACM Neto x Maia. Falei com Maia hoje, que disse que torce por mim, mas não podia deixar de criticar Neto – revelou Roma.

Roma foi chefe de gabinete de ACM Neto na Prefeitura de Salvador. A resposta do novo ministro veio após ACM dizer que foi “surpreendido” com a nomeação do ex-funcionário pelo presidente Bolsonaro. Em nota, o ex-prefeito disse considerar “lamentável” a aceitação por João Roma do cargo de ministro

Leia também1 Bolsonaro nomeia João Roma para o Ministério da Cidadania
2 Aras não vê relação entre ação de Bolsonaro na PF e auxílio a Flávio
3 Governo quer mudar a cobrança de ICMS em combustíveis
4 Porta-voz diz que Brasil segue como aliado de Washington
5 Aproximação do DEM com Jair Bolsonaro irrita Mandetta

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.