Leia também:
X PGR e STF negaram pedido da PF para prender Aécio Neves

ONG faz ato contra violência de animais na Av. Paulista

Animal Equality lembrou o caso do cachorro Manchinha e de mortes em indústrias

Camille Dornelles - 11/12/2018 11h21 | atualizado em 11/12/2018 11h25

A organização não governamental Animal Equality, que é contra o consumo de carne e uso de animais em testes, levou cerca de 2 mil ativistas à Avenida Paulista, em São Paulo, neste domingo (9). O grupo também protestou contra a violência aos animais, lembrando o caso do cachorro Manchinha.

A manifestação silenciosa homenageou o Dia Internacional dos Direitos Animais, celebrado nesta segunda.

– Nosso silêncio simboliza um pedido de perdão, um silêncio de luto por todos os animais de todas as espécies vítimas da ignorância humana. Mas está na hora de transformarmos o nosso luto em luta. Não tardará o dia em que será a exploração animal e não mais a libertação animal vista como impossível e inimaginável. Não tardará o dia em que os gritos dos bilhões de animais serão silenciados, mas não pela navalha, e sim pela libertação – defendeu a ONG, em sua rede social.

Cada ativista levou nas mãos um animal morto recentemente em indústrias.

– São animais vítimas reais da indústria da carne. Todos morreram recentemente. Muitos morrem na granja, fazenda ou durante o transporte, e foram considerados “impróprios” para consumo por algum motivo. Eles seriam descartados, mas foram doados para nós, pois já não tinham mais utilidade para a indústria – explicou a organização do evento.

Leia também1 Após cão Manchinha, leis serão votadas com urgência
2 Ativistas protestam em frente ao Carrefour por morte de cão
3 Eduardo Costa critica reações por morte de cachorro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.