Cachorro é espancado por segurança do Carrefour

Em nota oficial, rede de supermercados declarou que afastou a equipe responsável e lamentou o ocorrido

Pleno.News - 04/12/2018 14h48

O Carrefour está entre os assuntos mais comentados no Twitter e não é por nenhuma promoção. O segurança de uma unidade da rede de supermercados em Osasco, na Grande São Paulo, está sendo acusado de espancar um cachorro abandonado. O animal foi deixado nas dependências da loja e estava sendo cuidado por alguns funcionários.

O caso aconteceu na última quinta-feira (29), quando o segurança espancou o cachorro para tirá-lo do local. De acordo com relatos, a unidade receberia a visita de diretores da matriz e a ordem partiu do superior responsável. Também há indícios de envenenamento por chumbinho porque o animal vomitava sangue e pedaços de mortadela.

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) foi acionado. Para livrar a imagem da empresa, o chamado constava que ele tinha sido atropelado. Infelizmente, o cachorro não resistiu às múltiplas escoriações.

Em nota, o Carrefour informou seu repúdio à situação e disse que afastou a equipe responsável pela segurança do local e aguarda pelo apuração do fato. Em resposta, a prefeitura de São Paulo disse que o Departamento de Fauna e Bem Estar Animal esteve no local e constatou a existência de um animal com sangramento intenso. O inquérito policial está sob responsabilidade da Delegacia Especializada de Osasco.

Comovidas com o caso, algumas pessoas organizaram um abaixo-assinado exigindo justiça contra o assassino do cão. Até agora já foram computadas mais de 350 mil assinaturas. O vereador Ralfi Silva (PODEMOS-SP) é um dos que aderiram à causa. O abaixo-assinado está disponível no site Change.org.

LEIA TAMBÉM+ Mãe de jovem que atacou 4 em igreja diz: "Foi coisa do diabo"
+ Obras de arte são roubadas a caminho de Belo Horizonte
+ Uber retira patrocínio de desfiles do carnaval carioca

  • Adicione nosso número de WhatsApp: +55 (21) 97150-9158 e envie sugestões direto para a redação.