Príncipe morto se inspirava na política para criar roupas

Khalid Al Qasimi era o príncipe herdeiro dos Emirados Árabes e foi assassinado

Pleno.News - 05/07/2019 13h47

O príncipe herdeiro dos Emirados Árabes Unidos Khalid Al Qasimi, de 39 anos, traçou uma carreira de estilista de moda desde 2008, quando apresentou sua marca, Qasimi, na Fashion Week.

Ele foi achado morto em um apartamento de Londres na segunda-feira (1º). A marca do estilista emitiu uma nota lamentando a tragédia e falou um pouco mais sobre seus trabalhos na moda. Segundo a assessoria, as peças passavam por um processo de criação inspirado na política e sociedade do Oriente Médio.

– O mundo do design perdeu um grande filósofo e artista. Seu objetivo era criar um mundo repleto de produtos belamente elaborados, com influências culturais, sociais e políticas, para informar e inspirar – declarou a nota.

A marca mescla estilo casual com roupas estruturadas de alfaiataria. Khalid gostava de testar combinações inusitadas de tecidos e texturas e expressava sua luta pelos direitos humanos em diversos desfiles e fotos promocionais da grife.

As peças eram, ainda de acordo com a marca, elaboradas pensando em momentos do âmbito sociopolítico da comunidade árabe. Confira um pouco mais do estilo de Khalid Qasimi na galeria acima.

LEIA TAMBÉM+ Príncipe dos Emirados é achado morto em Londres
+ Mulher que morreu após receber fake news é enterrada
+ Mulher morre após receber notícia falsa pelo WhatsApp


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo