Leia também:
X Marca de açúcar é criticada por propor mudar nome de doces

Marca de luxo usa crianças em campanha de itens sexuais

A Balenciaga precisou remover as imagens e pedir desculpas ao público após a polêmica

Leiliane Lopes - 23/11/2022 22h20 | atualizado em 24/11/2022 11h07

A marca precisou se desculpar pela campanha Foto: Reprodução

Uma marca de luxo usou crianças em uma campanha que promove itens sexuais com a intenção de promover a diversidade de presentes disponíveis para as festas de final de ano.

Segurando ursos de pelúcias vestidos com peças de BDSM, prática sexual que envolve sadomasoquismo, dominação e submissão, duas crianças fazem propaganda para a Balenciaga.

Com a divulgação das fotos no site da própria empresa, surgiram inúmeros comentários com críticas pela forma como a marca resolveu divulgar itens como tops de arrastão, colares de cadeado, entre outras peças ligados ao sexo, ao mesmo tempo que exibe outros possíveis presentes da grife.

A polêmica gerada pelas fotos tiradas pelo fotógrafo da National Geographic, Gabriele Galimberti, foi ainda maior quando os internautas perceberam que em uma das fotos há documentos sobre um julgamento da Suprema Corte dos Estados Unidos que denunciava um homem que ofereceu imagens de pornografia infantil.

MARCA REMOVE O CONTEÚDO
Com a repercussão negativa, a empresa removeu as imagens do ar e se desculpou.

– Nós pedimos sinceras desculpas por qualquer ofensa que a nossa campanha de fim de ano possa ter causado – diz trecho da nota.

Que continua:

– Nossas bolsas de ursinho de pelúcia não deveriam ter sido exibidas com crianças nessa campanha. Nós imediatamente removemos a campanha de todas as plataformas (…). Nós pedimos desculpas por mostrar documentos perturbadores na nossa campanha. Nós levamos esse assunto muito a sério e estamos tomando ações legais contra as partes responsáveis por criar o set e incluir itens não aprovados para o ensaio fotográfico da nossa campanha primavera 23. Nós condenamos vigorosamente o abuso de crianças de qualquer forma. Nós defendemos a segurança e o bem-estar das crianças.

Leia também1 Festa de Toffoli reúne Moraes, Kassio e aliados de Bolsonaro
2 Câmara: Comissão aprova a convocação de Augusto Heleno
3 Moraes rejeita ação sobre urnas e multa PL em R$ 22 milhões
4 Deputados do PL estão dispostos a apoiarem novas eleições
5 Relator: PEC da Transição é adiada por falta de consenso

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.