Leia também:
X Relator: PEC da Transição é adiada por falta de consenso

Deputados do PL estão dispostos a apoiarem novas eleições

Parlamentares reeleitos torcem por eleições transparentes

Leiliane Lopes - 23/11/2022 20h45 | atualizado em 24/11/2022 17h02

Deputados Carol De Toni e Filipe Barros Foto: Agência Câmara

O Partido Liberal (PL) elegeu 99 deputados federais nas eleições de 2022, alguns deles já usaram as redes sociais para dizer que, por eleições limpas, estão dispostos a passarem pelo processo novamente.

A fala é referente ao relatório apresentado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pela legenda apontando inconsistências nas urnas eletrônicas fabricadas antes de 2022.

O pedido do partido é para que o TSE anule os votos de 279 mil urnas que apresentaram erros. A sigla não tem interesse de pedir novas eleições.

Mas para a deputada federal reeleita Carol De Toni (PL-SC), a transparência do processo eleitoral vale o risco de perder o mandato que ela conquistou nas urnas.

– A soberania popular e a transparência do processo eleitoral são indispensáveis à democracia. Apoiarei mais transparência nem que, para isso, seja necessário disputarmos novas eleições – escreveu.

O deputado federal reeleito Filipe Barros (PL-PR) também acredita que dá para correr o risco.

– Queremos transparência nas eleições mesmo que isso custe o mandato dos já eleitos. Não há democracia sem transparência – declarou ele.

Leia também1 Relator: PEC da Transição é adiada por falta de consenso
2 Enem 2022: Gabarito oficial é divulgado pelo Inep
3 TSE agradece comandantes das PMs por ação nas eleições
4 Senado: Comissão aprova nomes de Bolsonaro para agências reguladoras
5 Marcel van Hattem consegue 181 assinaturas para a CPI do STF

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.