Leia também:
X TSE agradece comandantes das PMs por ação nas eleições

Relator: PEC da Transição é adiada por falta de consenso

Segundo o senador Marcelo Castro, falta um entendimento sobre o tamanho da PEC e a sua duração

Pleno.News - 23/11/2022 20h23 | atualizado em 24/11/2022 10h28

O vice-presidente eleito e coordenador do governo de transição, Geraldo Alckmin, participa da reunião ampliada do Conselho Político da Transição Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

O senador Marcelo Castro (MDB-PI), relator do Orçamento de 2023, disse que a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) da Transição não foi apresentada nesta quarta-feira (23) por falta de “consenso”. As informações são do jornal O Globo.

De acordo com Castro, falta um entendimento sobre o tamanho da PEC e a sua duração. Para ele, falta diálogo sobre o assunto.

– Não foi formado consenso. Eu tenho defendido desde o início que nós gastemos nossas energia para o consenso – disse o senador.

Ele não apontou quando a PEC será apresentada.

A PEC abre espaço no Orçamento de 2023 para promessas de campanha de Lula (PT).

Leia também1 Marcel van Hattem consegue 181 assinaturas para a CPI do STF
2 Senadores protocolam pedido de impeachment de Barroso
3 "Se o PL tem provas do que alega, que mostre", diz Janaina Paschoal
4 Para Lewandowski, tese do PL, se confirmada, anula toda eleição
5 "Apoio Lula na mesma hora”, diz Zema, sob uma "condição"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.