Leia também:
X Ministro: Desfile militar foi para Bolsonaro ‘prestigiar’ as Forças

Premiê da Rússia elogia Talibã: ‘Respeitam a opinião dos outros’

Ministro disse ver um "sinal positivo" na postura da organização

Pierre Borges - 17/08/2021 15h15 | atualizado em 17/08/2021 15h23

Sergey Lavrov, premiê da Rússia
Sergey Lavrov, premiê da Rússia Foto: Divulgação/Ministério das Relações Exteriores da Rússia

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, elogiou nesta terça-feira (17) a postura do Talibã de “respeitar a opinião” de outras forças políticas e de discutir a formação de um governo no qual “eles não estarão sozinhos”.

– O que o Talibã está proclamando agora em Cabul é sua disposição de respeitar a opinião dos outros, o que demonstra, na prática, é um sinal positivo, na minha opinião – disse Lavrov durante uma visita ao enclave russo de Kaliningrado, situado entre a Polônia e a Lituânia.

O chanceler russo acrescentou que somente um diálogo inclusivo com a participação de todas as forças políticas pode levar à normalização da situação no Afeganistão.

– Apoiamos o apelo do ex-presidente [afegão, Hamid] Karzai, para o início desse diálogo, que deve incluir também uzbeques, hazaras, tadjiques e outros grupos étnicos e confessionais. Não há outra maneira – afirmou.

Quanto à futura interação da Rússia com o Talibã, Lavrov disse que será por meio da “ala política” do movimento fundamentalista, alegando que Moscou não negocia com grupos terroristas.

– [A interação] será com grupos políticos, o que exclui grupos ligados à Al Qaeda e ao Estado Islâmico, que são grupos puramente terroristas, e não os associamos a grupos políticos – disse.

A este respeito, ele lembrou que a Rússia, há anos, faz a mediação entre as forças afegãs para encontrar uma solução pacífica para o conflito no país. No entanto, ele reiterou ser prematuro falar sobre o reconhecimento dos talibãs pela Rússia.

– Não temos pressa em reconhecer, como outros países – afirmou.

*EFE

Leia também1 Comovente! Foto de avião saindo do Afeganistão impressiona
2 Ministro: Desfile militar foi para Bolsonaro 'prestigiar' as Forças
3 Vídeos chocantes mostram talibãs em bate-bate e academia
4 Zema explica por que se negou a assinar nota de apoio ao STF
5 Obama limita comentários após "cobranças" sobre Afeganistão

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.