Leia também:
X Governo Lula designa 122 nomes para atuar no segundo escalão

Bolsonaro sobre Lei Rouanet na gestão Lula: “Recomeçou a festa”

Ex-presidente criticou as cifras milionárias captadas por artistas por meio da Lei de Incentivo à Cultura

Thamirys Andrade - 24/01/2023 17h07 | atualizado em 24/01/2023 18h03

Jair Bolsonaro Foto: Isac Nóbrega/PR

Em conversa com apoiadores na Flórida, nesta terça-feira (24), o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) disse que a “festa da Lei Rouanet recomeçou” com o retorno do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao Planalto. Na ocasião, Bolsonaro criticou os valores milionários que voltaram a ser captados por artistas para suas produções culturais.

Em sua declaração, o ex-presidente relembrou que, durante seu governo, o repasse de recursos pela Lei de Incentivo à Cultura foi diminuído. Ele avaliou que os valores oferecidos em sua gestão eram suficientes para um artista “aparecer no mundo cultural”.

– A Lei Rouanet, já recomeçou a festa. Não posso falar nome aqui. Quando eu assumi, cada artista podia pegar até quanto por ano, alguém sabe aí? Cada artista? Artista importante, lógico. Até R$ 10 milhões por ano. Eu passei para R$ 1 milhão quando eu assumi, depois nós passamos para R$ 100 mil. E R$ 100 mil é muito dinheiro, pessoal – avaliou.

Em razão da presença de repórteres no local, Bolsonaro afirmou que evitaria mencionar nomes. Entretanto, na última semana, a atriz Claudia Raia recebeu uma série de críticas por conseguir autorização para captar R$ 5 milhões para dois musicais.

Um dos que se queixaram da atitude da artista foi o senador Flávio Bolsonaro (PL), que classificou o caso como “farra com dinheiro público”.

– Era para isso que queriam a volta dos lulo-petistas? – questionou o parlamentar.

Leia também1 Governo Lula designa 122 nomes para atuar no segundo escalão
2 Lula se encontra com presidente de Cuba, nesta terça-feira
3 Governo Lula demite 43 pessoas da Funai; 13 são militares
4 Marina diz desconhecer projeto de gasoduto da Argentina
5 Lula diz na Argentina que Dilma sofreu um “golpe de Estado”

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.