Leia também:
X União já recuperou R$ 1,1 bilhão para cofres públicos em 2020

Cadela estuprada é adotada por família e ganha novo nome

Caso de Branquinha gerou revolta no país. Agressor foi encontrado morto

Gabriela Doria - 24/11/2020 15h47

A cadela Branquinha, que comoveu e causou revolta no país após ter sido estuprada por um ex-candidato a vereador pelo PT, em Caldas Novas, em Goiás, acaba de ganhar um novo lar e um novo nome. Agora chamada de Vitória, a pet foi entregue à sua nova família e também ganhou um irmãozinho, um cão chamado Magno.

A novidade foi revelada pelo veterinário Gabriel de Godoy, que cuidou da cadela após a brutal agressão.

– Hoje nós estamos nos despedindo da Branquinha porque ela ganhou um novo lar. Ela está sendo entregue para o Ronaldo, para a Gabriela e o novo irmão, o Magno – contou em um vídeo ao lado da pet e dos novos donos.

Ainda de acordo com Godoy, Vitória foi submetida a diversos exames e também foi castrada, tudo gratuitamente.

ESTUPRO
O candidato a vereador pelo PT Sandoval Leão foi filmado estuprando a cadela Branquinha dentro da quitinete em que morava, em Caldas Novas, em Goiás, no início deste mês. Ele chegou a ser agredido pelo dono do imóvel, que filmou o crime. Sandoval fugiu logo em seguida.

O criminoso foi encontrado morto em Araguari, em Minas Gerais, doze dias após o estupro. A polícia trata o caso como suicídio.

Leia também1 Candidato do PT é filmado estuprando cadela e gera revolta
2 Ex-candidato do PT que estuprou cadela é encontrado morto
3 Veja o que muda com nova lei de maus-tratos contra cães e gatos
4 Cadela come passaporte e "poupa" dona de coronavírus
5 Carrefour: Histórico tem morte de animal e até corpo ignorado

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.