Leia também:
X Bolsonaro: ‘Não posso admitir’ contagem secreta de votos

Guedes: Onyx e Ciro melhoram entendimento com Senado

Ministro defendeu que não há "ameaça ao coração da política econômica"

Pierre Borges - 22/07/2021 16h16 | atualizado em 22/07/2021 16h28

Ministro da Economia, Paulo Guedes Foto: EDU ANDRADE/Ascom/ME

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quinta-feira (22) que a indicação de políticos para assumirem ministérios como o do Trabalho ou o da Casa Civil são “inteiramente normais” e que, no caso de Onyx Lorenzoni e do senador Ciro Nogueira, a indicação melhora “alianças e entendimento no Senado”.

Em entrevista, Guedes citou reformas que foram bloqueadas por um problema no Senado e disse que havia necessidade de melhorar a relação com os parlamentares.

– A democracia é isso. Quando tem pressão política, o presidente faz movimento político. Toda reforma ministerial é feita com conteúdo político, mas isso não vai mudar a orientação da política econômica. O que aconteceu desta vez foi que [houve] necessidade de melhorar o arco de alianças e entendimentos no Senado – afirmou.

O ministro ainda disse que Nogueira “é um profissional de política” e defendeu que a reorganização do governo está ocorrendo “sem nenhuma ameaça ao coração da política econômica”.

– Às vezes, o governo é criticado porque não tem interlocução política e, por isso, estaria isolado. Aí, quando o governo coloca um político lá, dizem que o governo foi capturado. Precisamos de leituras mais construtivas e sofisticadas – pontuou Guedes.

O atual ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Onyx Lorenzoni, será o titular do novo ministério, e o atual chefe da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, irá substituí-lo na Secretaria Geral.

Leia também1 Bolsonaro: 'Não posso admitir' contagem secreta de votos
2 Popularidade de Lula na web desaba após apoio a Cuba
3 Renan pede exoneração de Braga Netto: "Elemento perigoso"
4 "Jumentos de duas pernas", diz Bolsonaro sobre eleitores de Lula
5 Flávio é vacinado e ironiza: "Negacionista Jair Bolsonaro"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.