CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Declaração de Bolsonaro aparece em prova da PUC-PR

Mais de 525 toneladas de óleo já foram removidas de praias

Operação de limpeza envolve militares, representantes da sociedade civil e de órgãos do governo

Paulo Moura - 21/10/2019 08h08 | atualizado em 22/10/2019 11h29

Manchas de óleo atingem o Nordeste Foto: Tamar/João Arthur

A Marinha informou neste domingo (20), que já foram retiradas mais de 525 toneladas de óleo das praias do litoral dos estados do Nordeste atingidas pelas manchas, desde o início da operação de limpeza. Além dos militares, estão envolvidos no trabalho: Voluntários, funcionários de governos estaduais, municipais, de órgãos como o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). As informações foram divulgadas pela Agência Brasil.

– O esforço coordenado desses órgãos, a despeito das dificuldades, e a ação de voluntários já recuperaram a maioria das praias, coletando mais 525 toneladas de resíduos, os quais precisarão ser adequadamente destinados, conforme a orientação técnica da Autoridade Ambiental – afirma uma nota divulgada pela Marinha.

Uma ação conjunta realizada no último sábado (19), já havia retirado mais de 30 toneladas de óleo de sete praias de Pernambuco. No domingo, em uma entrevista coletiva, o almirante Leonardo Puntel, comandante de Operações Navais e que coordena as operações relacionadas ao desastre ambiental, afirmou que as manchas estão restritas ao litoral de Pernambuco, na região de Cabo de Santo Agostinho.

O comandante também voltou a reiterar que o óleo encontrado nas praias não é de origem brasileira e que as investigações para apurar as responsabilidades pelo desastre ambiental, que atingiu cerca de 2.250 km de extensão do litoral, seguem.

Leia também1 Óleo avança e chega à Praia de Carneiros, em Pernambuco
2 Óleo atinge a baía de Todos-os-Santos, a maior do país
3 Navio da Marinha encontra barril de óleo na costa do RN

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo