CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Prefeito manda remover fotos de protesto contra Bolsonaro

Declaração de Bolsonaro aparece em prova da PUC-PR

Universidade ainda não se pronunciou sobre o caso

Ana Luiza Menezes - 20/10/2019 22h02

Questão de prova da PUC-PR Foto: Reprodução

Uma declaração do presidente Jair Bolsonaro virou questão de prova. O caso aconteceu no sábado (19), dia do vestibular de verão da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR).

A frase da questão foi dita pelo mandatário em agosto, no Palácio da Alvorada. Na ocasião, questionado por um repórter se era possível conciliar preservação ambiental ao crescimento econômico, o chefe do Executivo sugeriu que a população a população “fizesse cocô dia sim, dia não”.

Já a questão de múltipla escolha, do vestibular de sábado, avaliava os conhecimentos de Geografia. O anunciado dizia que o candidato deveria considerar o texto para escolher uma opção que realmente contribui com a preservação do meio ambiente.

– É só você deixar de comer menos um pouquinho. Você fala para mim em poluição ambiental. É só você fazer cocô dia sim, dia não, que melhora bastante a nossa vida também. Agora, o mundo, quando eu falei que cresce mais de 70 milhões por ano, precisa de uma política de planejamento familiar. Não é controle não, você vai ler na capa da Folha amanhã que eu tô dizendo que tem que ter controle de natalidade – informou a prova.

Nas opções estavam possíveis respostas, como ‘Priorizar a agropecuária extensiva como prática produtiva’, ‘Criminalização das Organizações Não Governamentais (ONGs)’, ‘Ampliação da coleta e tratamento do esgoto’, ‘Restrição da divulgação dos dados relativos ao desmatamento’e ‘Redução do efetivo das instituições ambientais que monitoram o impacto das atividades humanas’.

Até o momento, a universidade não se manifestou sobre a questão.

Leia também1 Em guerra contra Bolsonaro, Frota diz valer até 'Lula solto'
2 Zambelli defende apoio total a Bolsonaro e avalia deixar o PSL
3 Bolsonaro ampliará isenção de visto para mais países

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo