Leia também:
X Putin diz a Macron que Rússia não desistirá de seus objetivos

EUA voltam a pedir que seus cidadãos deixem a Rússia

Novo pedido foi feito neste sábado

Pleno.News - 06/03/2022 18h03 | atualizado em 07/03/2022 10h07

Emabixada dos EUA na Ucrânia Foto: EFE/EPA/Sergey Dolzhenko

Neste sábado (5), os Estados Unidos voltaram a pedir que seus cidadãos deixem a Rússia imediatamente. O pedido é por causa da possibilidade de americanos sofrerem hostilidades por parte das forças de segurança russas, em meio a escalada de tensão decorrente da invasão da Ucrânia. As informações são da agência EFE.

O Departamento de Estado americano também solicitou, por meio de um comunicado, que não sejam feitas viagens para o território russo.

O órgão alertou que todos os americanos que estiverem na Rússia podem estar expostos a provocações por parte das seguranças russas, em um momento que a embaixada dos EUA tem uma “capacidade limitada” para ajudar seus cidadãos.

A diplomacia americana também explicou que seus cidadãos podem ter problemas na Rússia para sacar dinheiro em bancos por causa das sanções que o Ocidente impôs à Mosco. Pois elas incluem a exclusão de algumas instituições financeiras russas ao sistema de transferências Swift.

Na semana passada, os EUA já tinham pedido que americanos abandonassem a Rússia enquanto houvesse voos comerciais disponíveis.

Além disso, o Departamento de Estado autorizou a saída de pessoal não essencial e respectivos familiares da Embaixada americana em Moscou.

*EFE

Leia também1 Putin diz a Macron que Rússia não desistirá de seus objetivos
2 EUA e aliados avaliam proibir importação de gás da Rússia
3 "Não é apenas operação militar, é guerra", afirma papa Francisco
4 Ucrânia: Segunda tentativa de corredor humanitário fracassa
5 Brasileiros gastam até R$ 7 mil para lutar na guerra na Ucrânia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.