Leia também:
X Ursos polares ocupam antiga estação meteorológica. Fotos!

Pais de alunos fazem petição contra vacinação obrigatória

Caso ocorre na Escola Americana, instituição de classe alta, no Rio de Janeiro

Thamirys Andrade - 10/01/2022 16h44 | atualizado em 10/01/2022 16h57

Pais de alunos fazem petição contra vacinação obrigatória
Escola Americana, RJ Foto: Reprodução / Vídeo no Facebook da EARJ

Pais de estudantes da Escola Americana, na Gávea e na Barra da Tijuca (RJ), fizeram um abaixo-assinado contra a vacinação obrigatória exigida para que as crianças voltem a ter ensino presencial. O documento intitulado Interromper a Vacinação Covid Obrigatória na EARJ conta com 112 assinaturas até o momento.

A escola, destinada ao público de classe alta, anunciou em comunicado aos pais que todos os seus alunos com mais de 5 anos só poderão retornar às salas de aula presenciais após 14 dias da segunda dose da vacina anticovid. O “passaporte vacinal” será cobrado seguindo o calendário de vacinação da Prefeitura do Rio de Janeiro, informou a direção.

Os pais que discordam da diretriz, por sua vez, afirmaram, na petição, que a obrigatoriedade da vacina é um assunto “complexo e polarizado” e que somente os pais devem “ter o controle sobre decisões médicas relacionadas aos seus filhos”.

Os responsáveis pelas crianças afirmam ainda que o diretor da escola não possui “o direito moral ou a competência médica” para exigir a imunização das crianças, privando-as de frequentar a escola.

Leia também1 Min. da Saúde pedirá que Anvisa autorize autoteste de Covid-19
2 Deltacron: Cepa mista de Delta e Ômicron é encontrada no Chipre
3 Twitter 'barra' conta da mãe de jovem que morreu após vacina
4 Cidades retomam quarentena e toque de recolher no Brasil
5 Idoso é preso após tomar 11 doses de vacina contra Covid

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.