Leia também:
X Deputados de esquerda tentam anular alteração na Lei Rouanet

Renan desiste de convocar ex-cunhada de Bolsonaro à CPI

Desistência ocorreu após pedido do senador Eduardo Braga

Gabriela Doria - 03/08/2021 17h32 | atualizado em 03/08/2021 18h11

Senador Renan Calheiros desiste de convocar ex-cunhada de Bolsonaro Foto: Agência Senado/Leopoldo Silva

O senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid-19, desistiu, nesta terça-feira (3), de convocar a ex-cunhada do presidente Jair Bolsonaro, Andrea Siqueira do Valle, para prestar depoimento à comissão.

De acordo com a coluna de Igor Gadelha, no portal Metrópoles, Renan retirou o requerimento da pauta após um pedido de Eduardo Braga, líder do MDB no Senado. Apesar de estarem no mesmo partido, nem sempre Braga acompanha as ações do grupo majoritário da comissão, o chamado G7.

Em uma conversa na manhã desta terça, Braga teria questionado Renan se a convocação da ex-cunhada do presidente Bolsonaro de fato teria a ver com os trabalhos da CPI.

O requerimento foi apresentado por Renan no dia 5 de julho, após circular um áudio em que Andrea acusava Bolsonaro de ter se beneficiado do esquema conhecido como “rachadinha”, na época em que ele era deputado federal.

Na ocasião, Renan lançou mão de um “contorcionismo retórico” para sustentar que a convocação de Andrea iria ajudar a apurar se houve “espelhamento do caso das rachadinhas na gestão da pandemia por parte do governo federal”.

Leia também1 PF investiga se Renan recebeu parte de propina de R$ 4 milhões
2 'Antes de vir para a CPI, dobrei os meus joelhos e orei'
3 CPI da Covid aprova pedido de afastamento de Mayra Pinheiro
4 Senador petista acusa ministro da Defesa de espioná-lo
5 CPI aprova quebra de sigilo de responsáveis por sites de direita

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.