Leia também:
X Alunos encenam festa com assassinato do presidente

Moro diz que pacote anticrime possui “muitos avanços”

Ministro afirmou que alguns pontos devem ser vetados do projeto

Pedro Ramos - 15/12/2019 15h23 | atualizado em 15/12/2019 17h02

Ministro Sergio Moro Foto: Agência Senado/Marcos Oliveira

Neste domingo (15), o ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou que o pacote anticrime possui “muitos avanços” e que alguns pontos devem ser vetados pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

Muitos avanços. Falo de outros adiante. PL vai a sanção e veto para o presidente Jair Bolsonaro. Alguns pontos não muito bons, inseridos no processo legislativo, podem ser vetados. Vamos discutir isso ainda – escreveu o ministro.

Sergio Moro também fez um resumo dos principais pontos do pacote anticrime, como a possibilidade dos policiais poderem “atuar disfarçados comprando drogas e armas para desmantelar quadrilhas envolvidas nessa prática; fim das saídas temporárias para condenados por crimes hediondos com mortes”.

Em outra postagem, ele destacou a “norma anti organização criminosa, se o preso, na cadeia, se mantiver vinculado à facção, ele não obtém benefícios prisionais, como progressão de regime; proibição de soltura de criminosos reincidentes ou membros de quadrilhas em audiências de custódia”.

Leia também1 Ministro tranquiliza sobre paralisação de caminhoneiros
2 "Desagrada só esquerdopatas", diz senador sobre Weintraub
3 Lava Jato: Apartamento de luxo liga Oi à família de Lula

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.