Leia também:
X Feliciano condena a CPI: “Falta dignidade a estes senadores”

Datena menospreza candidatura de Mandetta: ‘Nem para 4ª via’

Apresentador disse não ver potencial em candidatura do ex-ministro da Saúde

Gabriela Doria - 29/09/2021 14h41 | atualizado em 29/09/2021 15h44

José Luiz Datena menosprezou candidatura de Luiz Henrique Mandetta Arte: Pleno.News

Pré-candidato à Presidência da República, o apresentador José Luiz Datena (PSL), que ainda busca um vice para sua chapa, menosprezou a possível candidatura do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta. Para o jornalista, Mandetta não tem potencial “nem para a quarta via”.

– Mandetta está falando toda hora como candidato. O [Rodrigo] Pacheco [do DEM e presidente do Senado] está na dele. Mas o Mandetta fica se lançando como candidato. Eu, sinceramente, não vejo com potencial, apesar de respeitar o Mandetta e o partido dele. Agora, talvez um partido só, eu não vejo o Mandetta como potencial nem à quarta via, quanto mais à terceira via – disparou Datena em entrevista ao portal Uol.

Confiante em sua candidatura, Datena disse ainda que não há chance de perder para Mandetta e Pacheco em uma eventual pesquisa de opinião.

– Duvido que eu perca para o Pacheco e para o Mandetta em termos de pesquisa. Em pesquisa séria, eu não perderia nem para o Pacheco, nem para o Mandetta – afirmou.

O comentário de Datena surge no momento em que PSL e DEM estão prestes a oficializar a fusão dos partidos – iniciativa que desagrada o apresentador. Para Datena, será difícil os partidos cumprirem “com o acordo de que, baseado em pesquisa técnica, lançariam o candidato”.

– A responsabilidade toda é deles, dos caras que me convidaram, que me lançaram candidato a presidente da República. A responsabilidade é deles, não é minha […] O cara [Bivar, presidente do PSL] te coloca como candidato a presidente, assina um documento que você pode ser governador ou senador, de acordo com a evolução das pesquisas até janeiro, e agora fica apresentando candidatos ao governo, à Presidência. Eles têm uma ética diferente – apontou Datena.

Leia também1 TSE dá prazo de 10 dias em ação que ameaça chapa de Bolsonaro
2 TSE aprova abrir código de urnas com um ano de antecedência
3 Não fosse o STF, Brasil teria mais mortos na pandemia, diz Gilmar Mendes
4 Ex-ministro Delfim Netto diz que assinaria novamente o AI-5
5 Barroso: 'Militar em comissão do TSE esvazia discurso de golpe'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.