Leia também:
X Líder de greve da PM no Ceará irá aos atos de 7 de Setembro

Bolsonaro altera Marco Civil da Internet para garantir liberdade

Medida deve dificultar suspensões injustas de perfis na web

Pierre Borges - 06/09/2021 16h23 | atualizado em 14/10/2021 12h38

Presidente Jair Bolsonaro Foto: PR/Alan Santos

O presidente Jair Bolsonaro alterou nesta segunda-feira (6), por meio de medida provisória, a lei do Marco Civil da Internet, criada por iniciativa da ex-presidente Dilma Rousseff. A mudança reforça os direitos e as garantias dos usuários da rede à liberdade de expressão.

De acordo com a Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social), a medida “objetiva conferir maior clareza às ‘políticas, procedimentos, medidas e instrumentos’ utilizados pelos provedores de redes sociais para cancelamento ou suspensão de conteúdos e contas”.

Para que um conteúdo, ou uma conta de rede social, sejam cancelados, suspensos ou excluídos, passará a ser necessária a apresentação de justa causa e motivação. O direito de restituição do conteúdo publicado também deverá ser garantido ao usuário, se a medida for considerada injusta.

Frequentemente, apoiadores de Bolsonaro, incluindo parlamentares, tem suas publicações e contas suspensas das redes sociais. No último mês, o perfil do deputado Otoni de Paula, por exemplo, foi bloqueado por decisão do ministro Alexandre de Moraes. Otoni é acusado de promover atos anti-democráticos e seu perfil segue bloqueado até o momento desta publicação.

Leia também1 Rafael Ilha sobre morte de Gugu: “Eu sei o que aconteceu”
2 Líder de greve da PM no Ceará irá aos atos de 7 de Setembro
3 Silas Malafaia chama petista de ladrão e desafia: "Me processa!"
4 Casagrande culpa governo por confusão em jogo com Argentina
5 Evaristo Costa usa vídeo para rir de sua saída da CNN Brasil

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.