Leia também:
X ‘Eu agradeço a Deus por estar me sentindo muito bem’, diz Pelé

Casagrande culpa governo por confusão em jogo com Argentina

Para o ex-jogador, o caso representa uma "vergonha mundial" para o Brasil

Thamirys Andrade - 06/09/2021 16h00 | atualizado em 06/09/2021 16h31

Walter Casagrande Foto: Reprodução/TV Globo

O comentarista esportivo Walter Casagrande culpou o Governo Federal e o Ministério da Saúde pela confusão ocorrida durante a partida de futebol entre Brasil e Argentina deste domingo (5), quando a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) paralisou o jogo devido à violação de protocolos sanitários por parte de quatro jogadores da Seleção rival.

– Tudo errado. Modificaram formulários e ninguém percebeu isso? Eram jogadores de futebol, não pessoas anônimas. Por que a Anvisa não invadiu o treino da Argentina, no sábado? Isso é reflexo do péssimo combate à pandemia que teve o Governo Federal e o Ministério da Saúde – declarou, durante a edição do Globo Esporte SP desta segunda (6).

Para o ex-jogador, o caso representa uma “vergonha mundial” para o Brasil.

– Se esses quatro jogadores fossem pessoas anônimas, onde eles estariam hoje, com esse calor? Nas lindas praias do Brasil, tomando uma caipirinha, uma cerveja, comendo um camarão e à noite vai pra balada. E ninguém ia falar nada. É uma vergonha mundial, igual o Galvão falou, mas em todos os seguimentos da sociedade – argumentou.

O imbróglio ocorreu após os jogadores argentinos Emiliano Martinez, Emiliano Buendia, Giovani Lo Celso e Cristian Romero não relatarem às autoridades brasileiras que estiveram na Inglaterra nas últimas duas semanas, país classificado de alto risco. Segundo os protocolos atuais, os viajantes deviam ter permanecido em quarentena por 14 dias.

Leia também1 Galvão põe 'culpa' da confusão com a Argentina no governo federal
2 Diretor da Anvisa aponta má-fé e desrespeito dos argentinos
3 CPI quer saber se governo e CBF 'negociaram' sobre argentinos
4 'Eu agradeço a Deus por estar me sentindo muito bem', diz Pelé
5 Associação da Argentina rebate Anvisa: 'Cumprimos o protocolo'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.