Leia também:
X Em almoço, membros do PT preparam Zanin para sabatina

Comandante proíbe militares de comemorarem o 31 de março

Fontes disseram que Tomás Paiva promete punir militares que participarem de eventos que celebrem o regime militar

Leiliane Lopes - 31/03/2023 15h22 | atualizado em 31/03/2023 17h05

General Tomás Miguel Ribeiro Paiva Foto: Exército Brasileiro/ Divulgação

Oficiais das Forças Armadas que comemorarem o aniversário do regime militar, celebrado nesta sexta-feira (31), poderão ser punidos pelo comandante do Exército, general Tomás Paiva.

De acordo com o jornal O Estado de Minas Gerais, Paiva informou a interlocutores que pretende punir os militares que demonstrarem apoio ao regime ou participarem de eventos organizados para este fim.

Escolhido pelo presidente Lula, o general Tomás Paiva também decidiu que este ano não haverá a leitura da Ordem do Dia alusiva ao dia 31 de março.

Fontes da caserna ouvidas pelo UOL disseram que, para o novo comandante, as comemorações desta data não deveriam existir.

Leia também1 Moraes arquiva pedidos contra Lula sem ouvir parecer da PGR
2 Mourão sobre regime militar: "Importante legado"
3 Biden pede à Rússia que liberte jornalista americano detido
4 Contas do governo registram pior fevereiro da série histórica
5 Âncora deixa CNN após canal extinguir programa de finanças

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.