Homem que invadiu igreja, em MG, disse ter vindo do inferno

O ex-militar segue internado após tomar um tiro de fuzil no ombro

Pleno.News - 22/05/2019 15h36

Rudson segue internado após ataque em igreja Foto: Reprodução

Testemunhas afirmam que Rudson Aragão Guimarães, que assassinou a ex-namorada e depois invadiu uma igreja, disse ter vindo do inferno e estava em missão quando efetuou o ataque. O caso aconteceu na Igreja Batista Shalom em Paracatu (MG), na noite desta terça-feira (21), e resultou na morte de três pessoas.

– No momento em que eles entraram na igreja, ele tomou uma mulher como refém e disse: “Eu vim do inferno, tenho algumas missões para cumprir” e atirou nela. Não deu nem tempo para negociação. Aí os policias atiraram nele – relatou o major Flávio Santiago, porta-voz da Polícia Militar.

Rudson permanece internado no Hospital Municipal de Paracatu após ser atingido por um tiro de fuzil no ombro. Além de Antônio Rama, pai do pastor da igreja, as outras vítimas do ataque foram Rosangela Albernaz, de 58 anos, e Marilene Marins de Melo Neves, de 57.

LEIA TAMBÉM+ Homem mata ex-namorada, invade igreja e atira em fiéis
+ Bilionário mórmon se muda para RR e ajuda venezuelanos
+ Homem que matou morador de rua está foragido da Justiça


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo