Governo estuda medidas para diminuir filas na Previdência

Plano é reduzir benefícios em processamento para 285 mil até agosto

Paulo Moura - 14/01/2020 11h03

Governo quer diminuir filas na Previdência Foto: Agência Brasil

O governo federal pretende anunciar na quarta-feira (15), medidas para para diminuir a fila de espera por benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Nesta terça-feira (14), o presidente Jair Bolsonaro falou sobre estudos feitos pela equipe da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia e anunciou que o governo deverá tomar providências para sancionar o problema.

– Devo me encontrar com o Rogério Marinho (secretário de Previdência) hoje ou amanhã, até porque a lei permite contratar servidores ou militares da reserva pagando 30% a mais do que ganham para suprir essa demanda que cresceu significativamente depois da reforma da Previdência – comentou.

No fim da semana passada, o INSS anunciou a criação de uma força-tarefa para reduzir o estoque de benefícios em espera. Atualmente, 1,3 milhão de pedidos aguardam uma conclusão no requerimento há mais de 45 dias, prazo máximo de análise definido por lei. São cerca de 900 mil pedidos por mês.

Até agosto, o órgão pretende diminuir para 285 mil o estoque de benefícios do INSS em processamento. Em nota técnica, o Ministério da Economia informou que o aumento nas concessões terá impacto de R$ 9,7 bilhões nos gastos da Previdência Social em 2020.

LEIA TAMBÉM+ Índice que determina reajuste da aposentadoria sobe 4,48%
+ Ao menos 8 estados aprovam uma reforma da Previdência
+ Pedidos de benefícios do INSS terão mudanças em 2020


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo