Leia também:
X Rede Globo é alvo de inquérito por suposta infração econômica

Com R$ 142 bilhões, arrecadação tem melhor maio desde 2000

Resultado também foi o melhor das últimas duas décadas no acumulado de janeiro a maio

Paulo Moura - 29/06/2021 12h13 | atualizado em 29/06/2021 13h38

Arrecadação fechou o mês de maio com o melhor resultado desde 2000 Foto: Reprodução Wikimedia

A arrecadação de impostos e contribuições federais somou R$ 142,106 bilhões em maio deste ano. Segundo a Receita Federal, o resultado é o melhor desempenho arrecadatório desde 2000, tanto para o mês de maio quanto para o acumulado dos cinco primeiros meses do ano, que, em 2021, foi de R$ 744,828 bilhões.

O aumento real (quando é descontada a variação da inflação) foi de 69,88% em maio deste ano na comparação com o mesmo mês em 2020. De acordo com a Receita Federal, o resultado é explicado principalmente por fatores não recorrentes, como recolhimentos extraordinários de cerca de R$ 16 bilhões do IRPJ/CSLL de janeiro a maio de 2021.

– Além disso, as compensações aumentaram 89% em maio de 2021 em relação a maio de 2020 e cresceram 46% no período acumulado – destaca o órgão.

Com relação às receitas administradas pela Receita, o valor arrecadado em maio de 2021 foi de R$ 137,927 bilhões, o que representa um acréscimo real de 67,65%. No acumulado de janeiro a maio de 2021, a arrecadação das receitas administradas pelo Fisco alcançou R$ 711,927 bilhões – acréscimo real de 21,42%.

Leia também1 Anvisa alerta sobre adulteração de frascos da vacina CoronaVac
2 Defesa prorroga alistamento militar até o dia 31 de agosto
3 Covid: Anvisa recebe solicitação de uso emergencial da Covaxin
4 Barros rebate Luis Miranda e se coloca à disposição da CPI
5 Decreto de Bolsonaro proíbe queimadas no Brasil por 120 dias

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.