CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Soltura de Lula passará por juíza linha-dura da Lava Jato

Internet critica decisão do STF: “Vergonha Nacional”

Supremo proibiu a prisão após a condenação em segunda instância

Henrique Gimenes - 08/11/2019 00h00

Após o Supremo Tribunal Federal (STF) votar contra a possibilidade de se prender condenados após a segunda instância, usuários de redes sociais se uniram para protestar contra a Corte. No twitter, a tag #STFVergonhaNacional chegou aos assuntos mais comentados na noite desta quinta-feira (7).

Por 6 votos a 5, o Supremo mudou entendimento atual e barrou a prisão antes do trânsito em julgado. Votaram contra a medida os ministros Marco Aurélio Mello, Rosa Weber, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Celso de Mello e o presidente do STF, Dias Toffoli.

Já os ministros Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux e Cármen Lúcia votaram a favor.

Usuários de redes sociais criticaram a medida e os ministros que votaram a pela proibição.

Leia também1 Soltura de Lula passará por juíza linha-dura da Lava Jato
2 STF decide contra prisão em 2ª instância e Lula pode ser solto

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo