Leia também:
X MP denuncia falsa enfermeira e mais cinco por golpe da vacina

Eduardo Leite “oculta” Aécio Neves de foto e é criticado

Tucano compartilhou foto somente com Paulinho da Força, que estava na mesma reunião

Pleno.News - 19/04/2022 12h29 | atualizado em 19/04/2022 12h48

Eduardo Leite Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini

O ex-governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB) cortou o deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG) de uma foto publicada nas redes sociais, gerando grande repercussão no Twitter, nesta segunda-feira (18).

O parlamentar mineiro compareceu ao encontro do gaúcho com o presidente nacional do Solidariedade, o deputado Paulinho da Força, nesta segunda-feira, e posou ao lado de ambos em imagem compartilhada pelo líder da Força Sindical. Na foto que Leite postou para registrar o encontro, porém, Aécio não aparece.

Aécio, que foi candidato à Presidência em 2014, foi um dos articuladores do encontro e é um dos principais apoiadores de Leite na disputa interna do PSDB. O deputado integra a ala do partido que se opõe à pré-candidatura de João Doria, ex-governador de São Paulo. O deputado já criticou publicamente o paulista, alegando que não o considera capaz de “aglutinar” apoio ao projeto tucano.

Paulinho da Força publicou a foto com os três participantes da reunião.

Nesta terça-feira (19), os nomes de Aécio, Leite e Paulinho da Força apareceram entre os assuntos mais comentados do Twitter. Usuários questionam o ex-governador sobre o que o levou a cortar o correligionário da foto.

– Vamos ampliar essa foto, rapaz. O seu papel era tentar renovar o partido, buscando excluir certas figuras que são prejudicais à sigla. Deveria ter se unido aos colegas de São Paulo nessa luta, mas a ambição pelo poder falou mais alto. Virou um objeto de uma política falida – escreveu um internauta.

– Foto do evento que eu posto no Insta / Como foi o evento de verdade – ironizou outro.

O encontro desta segunda-feira se deu após Paulinho da Força ser vaiado em ato com sindicalistas do PT. Militantes do partido guardam ressentimento por ele ter dado voto favorável ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, em 2016. Enquanto Luiz Inácio Lula da Silva e Gleisi Hoffmann tentam “fazer as pazes” com o deputado, Aécio busca atraí-lo para a “campanha paralela” de Eduardo Leite. Paulinho da Força declarou apoio à candidatura de Aécio contra Dilma Rousseff em 2014.

Em nota, por meio de sua assessoria, o ex-governador Eduardo Leite disse que foi Aécio quem lhe enviou a imagem divulgada em seu perfil “exatamente por entender que o importante era destacar a conversa com o líder de um importante partido e que, eventualmente, poderá estar ao nosso lado no futuro”. Por isso, Leite afirma que não faz sentido dizer que o parlamentar foi escondido e agradece “ao deputado e amigo Aécio o envio da foto”.

Na manhã desta terça-feira, Leite repetiu as palavras em publicação no seu perfil do Twitter.

*Com informações da AE

Leia também1 Paulinho da Força se "irrita" com vaias e cancela ato pró-Lula
2 Huck diz que Eduardo Leite é seu candidato à Presidência
3 João Doria diz para Eduardo Leite ter "grandeza para perder"
4 PSDB gastou R$ 12,2 milhões em prévias vencidas por Doria
5 Terceira via decide lançar um só candidato à Presidência

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.