Em rio, menina contrai ameba comedora de cérebro e morre

Lily Mae Avant tinha apenas 10 anos

Pleno.News - 18/09/2019 12h32

Lily Mae Avant tinha 10 anos Foto: Reprodução

Uma menina de apenas 10 anos de idade faleceu de maneira trágica nesta semana. Na segunda-feira (16), a escola de Lily Mae Avant confirmou a morte da estudante por causa de uma ameba “comedora de cérebro”.

O caso aconteceu no Texas, Estados Unidos, depois que ela foi infectada ao nadar em um rio. O protozoário Naegleria Fowler Ameba costuma viver em águas mornas e quentes e consegue acessar o cérebro através do nariz. Ele destrói células do tecido cerebral.

Os sintomas, semelhantes a uma meningite, passam a se manifestar em 24 horas. A infecção tem cura, mas a doença possui alto índice de mortalidade. Segundo a Sociedade Brasileira de Infectologia, o protozoário mata 95% dos infectados.

A falta de conhecimento de sua existência é um dos motivos. O Brasil ainda não registrou contaminação pela ameba.

A família da menina, que é cristã, lamentou a morte de Lily Mae, mas deu um testemunho de fé.

– Neste momento, nossa bebê está completamente curada e nos braços de Jesus. Nós agradecemos a todos pelas orações, amor e força – afirmou a tia Loni Yadon, em entrevista à NBC News.

LEIA TAMBÉM+ Ameba que 'come cérebros' faz primeira vítima na Argentina
+ Estudo diz que vírus da zika pode afetar cérebro de adultos
+ Microcefalia: Bactéria na água pode ter agravado surto


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo