Leia também:
X Bitcoin: Presidente do Banco Central Europeu pede regulação

Primo de Elizabeth II confessa violência sexual contra jovem

Crime aconteceu em um castelo na Escócia

Pleno.News - 14/01/2021 21h39 | atualizado em 15/01/2021 12h39

Rainha Elizabeth II Foto: EFE/Will Oliver

Na terça-feira (12), o conde Simon Bowes-Lyon, primo de terceiro grau da rainha Elizabeth II, declarou-se culpado de violentar uma mulher, no Castelo de Glamis, na Escócia. Segundo informações da BBC, ele forçou a entrada num quarto onde a vítima estava dormindo durante um evento realizado no local.

O crime aconteceu no ano passado e segue sob investigação.

Simon, de 34 anos, agrediu repetidamente a jovem de 26 anos e tentou tirar sua camisola durante o ataque, que durou 20 minutos. Ele empurrou a vítima para a cama, apalpou-a e tentou beijá-la.

A polícia foi acionada pela jovem na manhã seguinte ao ataque.

O conde escocês recebeu fiança e foi incluído no registro de criminosos sexuais. Fora do tribunal, ele disse que estava “muito envergonhado”.

Simon Bowes-Lyon Foto: Reprodução

Simon também falou que estava bêbado no dia do ataque.

– É evidente que tinha bebido em excesso na noite do incidente. Eu deveria saber. Reconheço, de qualquer forma, que o álcool não é desculpa para o meu comportamento. Eu achava que não era capaz de me comportar da maneira que agi, mas tive que enfrentar isso e assumir a responsabilidade. Minhas desculpas vão, acima de tudo, para a mulher em questão, mas também gostaria de pedir desculpas à família, aos amigos e colegas pelo sofrimento que lhes causei – declarou ele.

A sentença contra o primo da rainha foi adiada. Se condenado, o conde poderá pegar até cinco anos de cadeia.

Leia também1 Rainha Elizabeth II e marido recebem vacina contra Covid-19
2 Elizabeth II deixa mensagem para afetados pela pandemia
3 Ex-assessor diz que “Harry e Meghan estragaram tudo”
4 Neta de rainha Elizabeth chama título real de "maldição"
5 Cadáver é achado em frente ao Palácio de Kensington

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.