Leia também:
X “Bolsa picanha” causa alvoroço e prefeitura precisa desmentir

Sigilo total: Lula usará telefone com tecnologia antigrampo

Recurso tecnológico mistura as vozes a fim de impedir a identificação do que está sendo dito

Marcos Melo - 06/01/2023 16h56

Lula ao telefone Foto: Ricardo Stuckert / Instagram

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vai recorrer à tecnologia para não ser pego no grampo telefônico. Ele usará em seu gabinete presidencial um dispositivo – o mesmo usado por Michel Temer – que mistura as vozes a fim de impedir a identificação do que está sendo dito.

A Polícia Federal já realizou extensa varredura em quadros, banheiros, móveis e em cada cantinho que pudesse se alojar um dispositivo de escuta. Os trabalhos continuam, mas até agora nenhum grampo foi encontrado.

Na primeira reunião geral do novo governo com ministros, nesta sexta-feira (6), Lula proibiu a entrada de celulares. Os telefones foram recolhidos na entrada da Sala Suprema, no segundo andar do Palácio do Planalto.

O procedimento vale até mesmo para quem trabalha no Planalto. Segundo auxiliares do presidente, ele costuma pedir que interlocutores deixem seus aparelhos fora dos ambientes de encontros.

O presidente não usa telefone celular próprio e recorre ao dos assessores mais próximos para conversar.

Leia também1 Janja da Silva participa da 1ª reunião ministerial do governo
2 “Diabo está preparando o mundo pro anticristo”, posta Michelle
3 Aliado de Lula cria secretaria e nomeia filha no dia seguinte
4 Ministro volta atrás e cita debate sobre saque-aniversário do FGTS
5 PT escolhe deputado ligado ao MST para comandar o Conab

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.