Leia também:
X Doria tenta ‘apressar’ a Anvisa pela liberação da CoronaVac

“O que Noblat fez é crime e discurso de ódio”, diz Feliciano

Deputado também questionou o motivo de a imprensa estar "calada"

Henrique Gimenes - 10/01/2021 15h02 | atualizado em 11/01/2021 17h36

Deputado Marco Feliciano criticou Ricardo Noblat Foto: Arte/Pleno.News

Neste domingo (10), o deputado federal Marco Feliciano utilizou suas redes sociais para criticar o jornalista Ricardo Noblat por sugerir que o presidente Jair Bolsonaro cometa suicídio. Em sua conta do Twitter, o parlamentar lembrou que Noblat cometeu “crime e discurso de ódio”.

O comentário de Noblat foi feito ao compartilhar um link do colunista da Folha de S.Paulo Ruy Castro. Noblat escreveu que “se Trump optar pelo suicídio, Bolsonaro deveria imitá-lo”. O comentário gerou revolta em apoiadores do governo, que cobraram o Twitter por permitir uma publicação que incita o suicídio de uma pessoa.

Feliciano também abordou o assunto e questionou o motivo de a imprensa estar calada.

– Mea culpa fajuto da Veja! O que Noblat fez É CRIME (ART. 122/CP) e discurso de ódio! Por que a imprensa está calada? Vamos denunciar o tuíte do Noblat via Twitter Safety e Twitter Brasil. As regras da rede foram quebradas. Pau que bate em Chico também bate em Francisco – escreveu.

Leia também1 Veja repudia fala de colunista que sugeriu suicídio a Bolsonaro
2 Noblat sugere suicídio de Bolsonaro e Damares protesta
3 Bolsonaro faz passeio de moto e cumprimenta apoiadores
4 Malafaia manda Maia "calar a boca" e o chama de "medíocre"
5 "Bolsonaro é covarde", dispara Maia em ataque ao presidente

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.