Justiça dá prazo para Dirceu se apresentar e voltar à prisão

Petista teve recurso negado pela Justiça nesta quinta-feira

Pleno.News - 16/05/2019 21h53

Ex-ministro José Dirceu Foto: Agência Brasil/Fabio Rodrigues Pozzebom

O ex-ministro José Dirceu, que atuou no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, terá que se apresentar à Polícia Federal (OF) até às 16h horas desta sexta-feira (17). Ele foi condenado a uma pena de oito anos e 10 meses de prisão.

O prazo foi determinado pelo juiz federal Luiz Antonio Bonat, da 13ª Vara Federal de Curitiba. Ele é o responsável pelos processos da operação Lava Jato. Dirceu terá que se apresentar à PF do Paraná, mesmo local em que Lula está preso.

A ordem de prisão aconteceu após o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) ter rejeitado o recurso de Dirceu. Ele foi condenado por lavagem de dinheiro e corrupção passiva. Mais cedo, nesta sexta-feira, o tribunal tinha determinado a imediata expedição de um ofício para execução da pena provisória do ex-ministro.

Mais cedo, o advogado do petista, Roberto Podval, afirmou que seu cliente se entregará à Justiça.

LEIA TAMBÉM+ Irônico, Bolsonaro deseja a Zé Dirceu "boas férias na prisão"
+ Justiça decreta prisão de José Dirceu após negar recurso


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo