Leia também:
X Bilionário Elon Musk faz oferta para comprar 100% do Twitter

WhatsApp anuncia recurso de grupo com milhares de usuários

As chamadas "comunidades" permitirão o envio de mensagens para milhares de pessoas de uma só vez

Thamirys Andrade - 14/04/2022 17h23 | atualizado em 27/04/2022 13h36

whatsapp
[Imagem Ilustrativa] Foto: Pixabay
Nesta quinta-feira (11), o WhatsApp anunciou o lançamento de um novo recurso denominado “comunidades”. Na prática, a ferramenta permitirá o envio de mensagens para milhares de pessoas ao mesmo tempo. Ela funcionará como um guarda-chuva, abrigando vários grupos em um só.

Diferentemente do Telegram, que não possui limite de seguidores, cada grupo de WhatsApp pode ter atualmente até 256 usuários. A restrição tinha como objetivo evitar o disparo de mensagens em massa e a desinformação. Entretanto, a possibilidade de enviar mensagens para mais pessoas de uma só vez se tornou uma demanda cada vez maior para os usuários e uma das grandes vantagens da concorrência.

Assim, o aplicativo de mensagens lançará as chamadas comunidades, que, inicialmente, devem ter um limite de 10 grupos cada uma, permitindo, assim, o envio de conteúdo para até 2.560 usuários. Esse número ainda pode crescer, pois o WhatsApp está avaliando aumentar a quantidade de integrantes em cada grupo de 256 para 512.

Segundo a empresa, as comunidades facilitarão a vida de estudantes e empresas, possibilitando o compartilhamento de “avisos importantes” de forma otimizada. Elas terão as mensagens criptografadas de ponta a ponta, ou seja, a Meta não terá acesso às mensagens, somente os usuários.

O recurso se encontra em estágio experimental e será testado por alguns usuários nos próximos meses. A previsão é de que as comunidades sejam lançadas após o mês de outubro.

OUTRAS NOVIDADES
Essa não será a única mudança a ser disponibilizada pela plataforma. O WhatsApp ainda planeja implementar o recurso de reações com emojis, semelhantemente ao que já ocorre no Instagram. Além disso, o compartilhamento de arquivos aumentará para até 2 GB.

Outra novidade é que as chamadas de voz passarão a incluir até 32 pessoas. Posteriormente, a mudança também deve ser disponibilizada para chamadas de vídeo.

Segundo o CEO da Meta, Mark Zuckerberg, os novos recursos serão lançados gradativamente.

– Com foco em privacidade, segurança e proteção, adicionaremos bate-papos por vídeo, mensagens de voz, histórias, comércio, pagamentos e muito mais ao WhatsApp e Messenger – prometeu.

Leia também1 Bilionário Elon Musk faz oferta para comprar 100% do Twitter
2 Um dos principais acionistas do Twitter rejeita proposta de Musk
3 STF mantém condenação de Zé de Abreu por tuíte sobre facada
4 Bolsonaro poderia pôr sigilo de 100 anos nos tweets, diz Moro
5 PT aciona o TSE para tentar remover outdoors contra Lula

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.