Leia também:
X Twitter tem lucro de 513 milhões de dólares no 1º trimestre

“Twitter precisa decepcionar extrema direita e extrema esquerda”, diz Musk

Bilionário defende que plataforma seja politicamente neutra

Thamirys Andrade - 28/04/2022 17h12 | atualizado em 28/04/2022 17h26

Elon Musk tem 50 anos e nasceu em uma família rica, em Pretória, na África do Sul Foto: EFE/PETER FOLEY

O novo dono do Twitter, Elon Musk, defendeu que a plataforma passe a adotar uma posição de neutralidade política. Segundo o bilionário, a liberdade de expressão deve ser priorizada a ponto de frustrar tanto a extrema direita quanto a extrema esquerda. Assim, o magnata sinalizou que a moderação do conteúdo passará a ser mais branda e a remoção de posts, menos recorrente.

– Para que o Twitter mereça a confiança do público, ele deve ser politicamente neutro, o que efetivamente significa decepcionar a extrema direita e a extrema esquerda igualmente – escreveu Musk em publicação na própria rede social, nesta quarta-feira (27).

O bilionário também comentou a ascensão do aplicativo Truth Social, lançado pelo ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump. O republicano foi banido do Twitter depois da invasão do Capitólio em 2021.

– Truth Social está atualmente superando o Twitter e o TikTok na Apple Store. Truth Social, que tem um nome terrível, existe porque o Twitter censurou a liberdade de expressão. Deveria ser chamada de Trumpet [trombeta] em vez disso! – brincou Elon.

O CEO da Tesla e da SpaceX garantiu a compra do Twitter na última segunda (25) pelo valor de 44 bilhões de dólares (cerca de R$ 214 bilhões). Parte do conselho de administração da rede social ainda vinha resistindo à proposta, mas a vontade da maioria dos acionistas de aceitar a oferta prevaleceu nas negociações.

Em entrevista recente durante o evento TED, o CEO da Tesla e da SpaceX esclareceu qual era sua real intenção em comprar a plataforma. Segundo ele, seu objetivo não é o lucro, mas a preservação da liberdade.

– É realmente importante que as pessoas tenham a realidade e as percepções [sobre a realidade] e que elas sejam capazes de se expressar livremente dentro dos limites da lei – enfatizou.

Leia também1 Musk faz post sobre liberdade de expressão: "Sou contra censura"
2 Twitter bloqueia o código-fonte para evitar sabotagem da equipe
3 Fundador do Orkut reativa site e diz que está fazendo "algo novo"
4 Saiba quem é Elon Musk e como ele ficou bilionário
5 Veja o que já se sabe e o que deve ocorrer após compra do Twitter

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.