Leia também:
X Twitter bane Donald Trump, mas mantém perfis ligados ao Talibã

Hackers invadem site da Anvisa e exibem bandeira argentina

Ato é uma retaliação à suspensão da partida de futebol entre Brasil e Argentina

Thamirys Andrade - 08/09/2021 17h25 | atualizado em 08/09/2021 19h02

 

Hackers invadem site da Anvisa e expõem bandeira argentina
Invasores retiraram do ar o formulário para viajantes Foto: Reprodução

Hackers invadiram o site oficial da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e retiraram o formulário de Declaração de Saúde do Viajante do ar. Eles o substituíram pela bandeira da Argentina, em ato de retaliação à suspensão da partida de futebol entre Brasil e Argentina no último domingo (5).

– Não ficamos de quarenta [sic] para passear pelos seus servidores. Vamos ser expulsos também? – diz a legenda exibida junto à imagem.

O formulário em questão é de preenchimento obrigatório para pessoas que planejam viajar para o Brasil. Em resposta, a Agência acionará a Polícia Federal para investigar o caso.

Após o início do jogo entre Brasil e Argentina neste domingo, agentes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) entraram no gramado para impedir que quatro jogadores da seleção argentina disputassem a partida.

Jogadores de clubes ingleses, os quatro atletas argentinos teriam prestado informações falsas ao entrarem no Brasil, pois a entrada de pessoas do Reino Unido no país está proibida sem um período de quarentena.

– Os jogadores em questão declararam não ter passagem por nenhum dos quatro países com restrições nos últimos 14 dias. Os viajantes chegaram ao Brasil em voo de Caracas/Venezuela com destino a Guarulhos. Porém, notícias não oficiais chegaram à Anvisa dando conta de supostas declarações falsas prestadas por tais viajantes – declarou a Anvisa na ocasião.

Leia também1 Anvisa autoriza uso de mais um medicamento contra a Covid-19
2 Anvisa invade campo de jogo e interrompe Brasil e Argentina
3 CPI quer associar episódio de argentinos com governo Bolsonaro
4 Fabricante é proibido de indicar ivermectina para tratar Covid
5 Estudo: Covid afeta testosterona e qualidade de espermatozoides

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.