Leia também:
X Pacheco diz que irá dialogar com o Executivo com ‘independência’

Dados de Bolsonaro e ministros do STF estão à venda na internet

Vazamento expôs informações de mais de 223 milhões de brasileiros

Ana Luiza Menezes - 01/02/2021 20h55 | atualizado em 02/02/2021 09h53

Presidente Jair Bolsonaro Foto: PR/Marcos Corrêa

Segundo informações do jornal Estadão, dados pessoais de 11 ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), do presidente Jair Bolsonaro, além de vários outros políticos e cidadãos brasileiros estão à venda na internet. A empresa de segurança Syhunt analisou um catálogo de informações oferecidas por hackers, provenientes de um vazamento que expôs informações de mais de 223 milhões de brasileiros.

Os hackers estão ofertando informações em 37 categorias. Eles disponibilizaram dados como telefone, endereço, e-mail, título de eleitor, escolaridade, fotos, salário, entre outros. A maior parte das informações é referente ao ano de 2019, mas também há dados de 2017, 2018 e 2020.

Os pacotes com as informações são vendidos a 500 dólares (R$ 2.716).

Leia também1 Página mostra quem teve dados expostos em vazamento de CPFs
2 Alerta! Vazamento de dados de brasileiros inclui salários e fotos
3 Vazamento expõe dados pessoais de 220 milhões de brasileiros
4 Hackers usam 'imagem' do diabo para celebrar ataque ao TRF-1
5 'É o maior vazamento de dados do país', diz especialista

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.