Leia também:
X Elon Musk ameaça desistência de acordo com o Twitter

Como proteger os dados pessoais sensíveis?

É importante que as empresas no setor de business banking invistam em soluções de cibersegurança

Pleno.News - 06/06/2022 15h40 | atualizado em 07/06/2022 11h06

Dados pessoais sensíveis são as informações responsáveis por caracterizar e identificar um indivíduo Foto: Pexels

Os clientes cadastrados em plataformas e aplicativos de serviços muitas vezes precisam preencher dados pessoais sensíveis para poder ter acesso a um tipo de serviço. Do ponto de vista da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), essas são todas aquelas informações que são responsáveis por caracterizar e identificar um indivíduo.

Na prática, não somente os dados como, etnia, religião, opinião política, informações sobre saúde devem ser protegidos para evitar qualquer exposição sem o devido consentimento.

Toda e qualquer informação pessoal dos usuários coletada dentro do sistema deve ser devidamente preservada e protegida, até mesmo por prevenção ao roubo de identidade. Portanto, é importante que as empresas no setor de business banking invistam em soluções de cibersegurança bancária.

O que são dados pessoais?
A definição de dados pessoais a partir da Lei Nº13.709/2018 é “toda a informação pessoal que possibilita a identificação, indireta ou direta de uma pessoa”. Os exemplos mais comuns são nome completo, data de nascimento, número de documentos, endereço de IP, histórico de pagamentos, etc.

Ao mesmo tempo, nesse grupo encontra-se os dados pessoais sensíveis. Eles são um conjunto de informações pessoais definidas pela LGPD, que só podem ser coletadas e utilizadas com a devida autorização do titular.

Os dados pessoais sensíveis só podem ser coletados com a devida autorização do titular Foto: Pexels

Por que os dados pessoais devem ser protegidos?
A proteção dos dados como e-mails, senha, atividade profissional, questões relacionadas à saúde e dados biométricos é uma obrigação garantida por lei. O tratamento adequado a esse tipo de informação deve ser uma prioridade nas empresas, para garantir que os detalhes dos clientes sejam mantidos em segurança.

Nesse sentido, as empresas devem assegurar a integridade das informações das pessoas que queiram fazer a recuperação de conta utilizando os aplicativos de bancos. No mercado de retail banking já existem medidas eficazes que podem ser aplicadas para a validação de identidade dos usuários.

Uma das finalidades da proteção de dados é diminuir os riscos de fraudes e o acesso indevidos às contas dos usuários cadastrados. Do mesmo modo, impedir que as informações pessoais sejam utilizadas para discriminar ou prejudicar os titulares dos dados.

Como a LGPD influencia a proteção dos dados dos clientes?
A LGPD serve como uma diretriz para que as empresas possam adotar mecanismos de segurança, utilizando as melhores ferramentas para proteger os dados dos clientes. O uso das tecnologias adequadas como token, biometria e a segurança multifator permitem que as companhias sigam as orientações definidas pela legislação.

Além disso, devem demonstrar que as operações realizadas dentro do sistema da empresa são confiáveis e seguras ao lidar com os dados pessoais sensíveis dos clientes.

O nível de segurança dos aplicativos de bancos digitais e carteiras digitais influencia na confiança depositada pelos clientes na empresa e repercute no seu desempenho. Visto que o objetivo da empresa é ser mais competitiva e produtiva, tem de oferecer soluções inovadoras e proteger os clientes.

As empresas precisam se adaptar às normativas da LGPD Foto: Pexels

Soluções para garantir a proteção dos dados pessoais
A melhor maneira que uma companhia tem para assegurar que os dados pessoais de seus clientes receberão o tratamento adequado é se adaptando às normas da LGPD.

Se o processo de gestão de informação de uma organização requer extrair informações sensíveis dos usuários cadastrados, é fundamental que a empresa conte com uma política de segurança de dados.

Os usuários devem saber como e com qual finalidade os dados serão coletados, para que somente depois de receber essa informação possam autorizar, ou não, a sua utilização.

Para garantir que os dados pessoais dos clientes estejam protegidos, as empresas podem adotar outras soluções.

Criptografia
Essa tecnologia tem como função a codificação dos dados pessoais de um indivíduo, tornando necessário o uso de uma chave para a sua leitura.

Biometria
A solução biométrica seja a leitura facial, impressão digital ou controle de voz permite que o acesso de um usuário a um sistema seja único e difícil de ser reproduzido. Porque esses tipos de informações são exclusivas para cada pessoa.

Agora que você já conhece como proteger os dados pessoais sensíveis, o que espera para implementá-lo?

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.