Leia também:
X Facebook veta acesso de notícias da Austrália por lei polêmica

WhatsApp adota sanções para quem não aceitar “mudanças”

Aplicativo irá impedir usuários de lerem e enviarem mensagens

Pleno.News - 22/02/2021 21h06 | atualizado em 23/02/2021 19h01

WhatsApp adota sanções para quem não aceitar “mudanças” Foto: Pixabay

O aplicativo de mensagens WhasApp segue firme em sua política de mudanças na questão da privacidade da plataforma. A empresa decidiu que usuários que não aceitarem os novos termos de uso até o dia 15 de maio irão sofrer sanções.

A empresa irá proibir que os usuários que não aceitarem as novas condições possam ler e enviar mensagens. Eles, no entanto, poderão continuar recebendo ligações e notificações por algumas semanas.

Entre as alterações promovidas pelo WhatsApp estão a coleta de informações como geolocalização, número de IP, dados de atividade, foto de perfil, lista de contatos, carga de bateria, marca, modelo e operadora de celular. A ideia é utilizar os dados para melhor o suporte às propagandas exibidas no Instagram e no Facebook.

Apesar disso, o WhatsApp garante o “compromisso com sua privacidade continua exatamente o mesmo. Suas conversas pessoais são protegidas com a criptografia de ponta a ponta. O WhatsApp não pode ler nem ouvi-las”.

As recentes mudanças na plataforma fizeram com que os concorrentes do WhatsApp crescessem. Em janeiro, o aplicativo de mensagens Telegram ‘superou’ o rival e alcançou a primeira posição no ranking de aplicativos mais baixados em todo mundo. Os dados foram divulgados pela plataforma Sensor Tower.

Vale lembrar que o Pleno.News já possui um canal no Telegram no qual você pode ficar atualizado e acompanhar as principais notícias. Basta clicar neste link e seguir a página.

Leia também1 Bolsonaro ultrapassa 400 mil inscritos no Telegram em 1 mês
2 Telegram supera WhatsApp e é o app mais baixado em janeiro
3 Ernesto Araújo critica censura nas redes em discurso na ONU
4 Facebook veta acesso de notícias da Austrália por lei polêmica
5 Perfis de Silveira no Facebook e no Instagram são retirados do ar

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.