Leia também:
X Crusoé, do Antagonista, demite funcionários para conter custos

MPF pede ao WhatsApp que adie o lançamento de grupos maiores

Nova funcionalidade do aplicativo permitirá grupos com milhares de pessoas

Henrique Gimenes - 18/04/2022 20h36

MPF pede que WhatsApp adie lançamento de grupos maiores Foto: Pixabay

No último sábado (16), o Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo perguntou ao WhatsApp se a plataforma poderia adiar para 2023 o lançamento de uma nova funcionalidade chamada Comunidades. A nova função funciona como grupos, mas permite a participação de 2.560 pessoas.

O WhatsApp chegou a informar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que pretende lançar a funcionalidade apenas após o segundo turno das eleições deste ano.

Para o MPF, a “nova funcionalidade agora anunciada precisa ser vista com muito cuidado, pois pode, a depender de como vier a ser implementada, representar um real retrocesso do movimento de contenção de comportamentos abusivos potencialmente ligados à desinformação, que o WhatsApp, a princípio, vinha promovendo de forma eficiente nos últimos anos”.

O órgão deu um prazo de 10 dias para que o aplicativo de mensagens informe sobre o pedido.

Leia também1 WhatsApp anuncia recurso de grupo com milhares de usuários
2 Barroso tratou com presidente do WhatsApp sobre novo recurso
3 PT diz que acionará TSE contra Bolsonaro por motociata em SP
4 Governo marcará reunião com representante do WhatsApp
5 Bolsonaro sobre acordo do TSE e WhatsApp: "Não será cumprido"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.