Leia também:
X Facebook promete não ajudar governos em ciberataques

Alerta aos pais! App SimSimi traz mensagens assustadoras

Aplicativo SimSimi usa inteligência artificial para enviar ofensas, falar de conteúdo sexual e até ameaçar de morte

Gabriela Doria - 19/04/2018 09h39 | atualizado em 19/04/2018 12h04

SimSimi envia mensagens assustadoras para crianças Foto: Reprodução

Presente no mercado de aplicativos há alguns anos, o SimSimi começou a receber críticas, no Brasil e no mundo, recentemente. A plataforma, que utiliza de inteligência artificial para conversar com usuários, é suspeita de enviar mensagens agressivas e até ameaças de morte para os usuários, em sua maioria crianças e adolescentes.

O alerta já foi feito por diversos pais nas redes sociais, que tiveram seus filhos afetados pelo SimSimi.

– Vejam que apavorante. Para todos que têm crianças ou que têm contato com outros que tenham filhos. Esse app aparentemente inofensivo é fácil de baixar. Vamos ficar de olho nos pequenos – denunciou Jéssica Mota em um post no Facebook.

Alerta no Facebook

O vídeo com o alerta já foi assistido mais de 10 mil vezes em apenas 12 horas.

Como mostra o aplicativo, todas as ofensas e práticas de bullying são feitas por um personagem amarelo semelhante a um desenho. O app, que é gratuito e facilmente baixado em iPhones e sistemas Android, está disponível também na versão web.

Apesar da interface amigável e simpática, na loja de aplicativos dos celulares, o SimSimi é classificado na categoria de “violência, conteúdo sexual e drogas”. Além disso, muitos pais não reparam que a classificação indicativa é de 16 anos.

Embora seja possível configurar o aplicativo para não receber mensagens impróprias e ainda navegar como usuário anônimo, especialistas sugerem que o ideal é não fazer o download do aplicativo, uma vez que não há controle e nem se sabe a procedência das mensagens.

Leia também1 Google libera app para pais controlarem celular dos filhos
2 RJ e DF ganham aplicativos de transporte só para mulheres
3 Disney irá lançar serviço de streaming

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.