Leia também:
X Pr. Silas Malafaia sobre carta pela democracia: “Palhaçada”

Varíola dos macacos: PSB aciona STF e pede vacina obrigatória

Pedido é protocolado pelo deputado federal Ismael Batista, que sustenta que "há total inércia por parte da União Federal sobre o tema"

Gabriel Mansur - 11/08/2022 19h55 | atualizado em 12/08/2022 12h26

Deputado federal Israel Batista Foto: Câmara dos Deputados/Pablo Valadares

O deputado federal Israel Batista (PSB) protocolou no Supremo Tribunal Federal (STF), nesta quinta-feira (11), um pedido de liminar que objetiva autorizar os governos estaduais a implementar vacinação obrigatória contra a varíola dos macacos.

A implementação da vacina, todavia, não é o único desejo do parlamentar. Ele cita que “há uma inércia por parte da União Federal” e pretende ainda obrigar quaisquer autoridades federais a adotar medidas para o combate à doença.

– Apesar da disseminação da varíola dos macacos, há total inércia por parte da União Federal sobre o tema, inexistindo, até o presente momento, um Plano Nacional eficiente e operacional, endossado por autoridades sanitárias e científicas – diz o pedido liminar.

O parlamentar destaca a pandemia da Covid-19 como um exemplo da eficiência das vacinas e da autonomia dos governos estaduais no combate a doenças contagiosas.

– Veja-se que somente com a possibilidade de que os entes federados atuassem concorrentemente acerca do controle da contaminação, bem como do regime de aplicação da vacina é que pôde-se ver uma melhora progressiva no quadro de saúde pública no Brasil – ressalta outro trecho do documento.

Na terça-feira (9), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que o governo compraria 50.000 doses de vacinas e que elas seriam destinadas apenas aos profissionais da saúde. Não há previsão, todavia, de chegada no Brasil de qualquer vacina para a varíola dos macacos.

A Anvisa criou, em 29 de julho, uma Comissão Técnica de Emergência para autorizar vacinas para a varíola dos macacos, mas, até o momento, não noticiou a abertura de nenhum pedido de registro.

Leia também1 Pr. Silas Malafaia sobre carta pela democracia: "Palhaçada"
2 Professor faz ato pró-LGBTQIA+ totalmente nu em universidade
3 Justiça ordena que Jovem Pan se retrate por falas contra Randolfe
4 Defesa indica mais 9 militares para fiscalizar urnas eletrônicas
5 Bolsonaro tem 48h para explicar reunião com embaixadores

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.