SUS oferece medicamentos gratuitos para a psoríase

A doença causa manchas vermelhas e coceira na pele

Pleno.News - 18/09/2019 16h53

Pessoa com psoríase Foto: Divulgação

O Ministério da Saúde informou que pessoas com psoríase severa ou que não obtiveram sucesso com os tratamentos existentes poderão pegar gratuitamente quatro medicamentos para se tratarem no Sistema Único de Saúde (SUS).

Os medicamentos para o tratamento da psoríase são: dalimumabe, indicado para a primeira etapa do tratamento após falha da terapia padrão para psoríase; o secuquinumabe e o ustequinumabe, indicados na segunda etapa do tratamento após falha da primeira; e o etanercepte, indicado na primeira etapa de tratamento da psoríase após falha da terapia padrão em crianças.

Nos casos moderados e graves, o tratamento deve ser feito em um período determinado, sendo a primeira opção a fototerapia ultravioleta B (UVB) de banda estreita ou psoraleno (fotossensibilizante e estimulante da produção de melanina), associado à fototerapia com ultravioleta A (PUVA). Se não existir mudança após 20 sessões ou se o paciente apresentar intolerância, contraindicação ou indisponibilidade de aderir ao tratamento, é indicada a introdução de medicamentos sistêmicos.

Até agora, eram oferecidos nos hospitais a fototerapia com fotossensibilização, como também medicamentos como ciclosporina (cápsulas ou solução oral), metotrexato (comprimido ou injetável), acitretina (cápsulas), calcipotriol (pomada), clobetasol (creme) e dexametasona (creme).

Psoríase provoca o surgimento de manchas vermelhas e ressecadas que podem causar sensação de coceira ou ligeira queimação ou dor.

LEIA TAMBÉM+ Em rio, menina contrai ameba comedora de cérebro e morre
+ Anvisa recolhe dois lotes de lenços umedecidos infectados
+ Ministro da Saúde diz que a fé pode ajudar na depressão


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo